jusbrasil.com.br
22 de Junho de 2021

Instituto quer que OAB mude de nome para 'Ordem da Advocacia Brasileira'

DR. ADEvogado, Administrador
Publicado por DR. ADEvogado
há 7 meses


O Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFam) quer que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) mude de nome para refletir igualdade de gênero. O pedido foi direcionado para o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz. A entidade quer que a OAB passe a se chamar Ordem da Advocacia Brasileira.

O IBDFam também enviou um pedido similar para a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil. A entidade quer que a AMB mude o nome para Associação da Magistratura Brasileira.

“Ainda que por questões históricas e culturais durante muito tempo referências feitas no masculino fossem utilizadas aparentemente como gênero neutro, hoje não mais se admite esta neutralidade para a inclusão das mulheres”, sustenta o instituto.

O instituto sugere que a proposta seja submetida aos colegiados da OAB e da AMB. O objetivo seria “quebrar paradigmas da sociedade patriarcal” e adequar essas entidades à luta pela igualdade de gênero.

“Vivemos todos um processo emancipatório deflagrado pelo movimento feminista, o qual, ao longo de meio século, vem buscando a igualdade de gênero como a única de forma expressar os ideais da liberdade e do respeito à dignidade humana”, argumenta o instituto

Na mensagem à OAB, o instituto cita que “mais de 50% dos inscritos na Ordem são mulheres e correspondem à parcela preponderante no exercício da profissão”. No ofício à AMB, o instituto cita a Resolução 255/2018 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que instituiu a Política Nacional de Incentivos à Participação Feminina no Poder Judiciário.

(Fonte: www.bahianoticias.com.br)


📰 Veja também:

O Kit Advogando Premium conta com mais de 150 mil modelos de petições prontas, em uma só plataforma acesso vitalício

Petições de Trânsito 2020 - Acervo completo de Recursos de Trânsito!

Curso Completo de Direito Penal, Processo Penal e Execução Penal!!

13 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

O próprio IBDfam poderia mudar o nome dele, pois não “respeita” o gênero neutro ao usar “BrasileirO”. Vira “Instituto Brasileirx de Direito de Família” ou “Instituto Brasileire de Direito de Família”.

Ah, e tem que mudar a Lei 8.906/94, ok? Porque mudança pela via institucional viola a lei... continuar lendo

Uma grande perda de tempo e dinheiro, já que mudar o nome gera grandes impactos financeiros, já que terão de ser refeitos panfletos, carteiras da OAB, cartões de visitas e uma série de outras coisas brasil a fora.
Se estão achando ruim procurem uma profissão e ordem profissional que supostamente não respeita a questão de gênero.
Cada coisa sem cabimento. continuar lendo

Festa para advogados realizada em comemoração ao “Mês da Advocacia”. A celebração aconteceu na última sexta-feira (30) e contou com um garçom sem camisa e uma dançarina.

Fotos divulgadas em redes sociais mostram uma mulher seminua vestida de diabo e um homem fantasiado de anjo servindo bebidas na boca dos participantes. Alguns funcionários da subseção tomavam tequila oferecida pelos dançarinos.

Por Matheus Rodrigues, G1 Rio

05/09/2019 15h36 Atualizado

COM ISSO PODE GASTAR DINHERIO DR. ? OK continuar lendo

Com certeza vivemos em um país de primeiríssimo mundo, sem problemas reais, pois para uma instituição perder tempo com isso é sinal de que não há nada mais importante para se preocupar... continuar lendo

Tá faltando que o fazer mesmo né continuar lendo