jusbrasil.com.br
11 de Agosto de 2022

Mulher diz que engravidou sozinha em banheira e marido decide processar hotel

DR. ADEvogado, Administrador
Publicado por DR. ADEvogado
há 6 meses


Um homem decidiu processar um hotel de luxo no Rio de Janeiro após esposa — supostamente — engravidar “sozinha” em uma banheira de hidromassagem. Tudo aconteceu enquanto o marido estava em uma viagem a trabalho na Europa. Ele passou seis meses fora e quando retornou para casa encontrou a mulher grávida. Como justificativa, ela alegou ter ido a um hotel com a irmã e passado a maior parte do tempo na banheira.

Para dar entrada no processo contra o hotel cinco estrelas, o casal procurou a advogada Lu Lage, que postou um vídeo nas redes sociais revelando o caso. “Esse senhor quer que eu ajuíze uma ação para processar um hotel cinco estrelas no Rio, alegando que ele ficou fora de casa seis meses, a trabalho na Europa, e quando voltou para casa a esposa está grávida. Ele muito bravo, tirou satisfação”, disse a advogada.


->ASSISTA O VIDEO: https://twitter.com/i/status/1495730433111334915


“Ela falou: ‘amor, a única coisa que eu fiz de diferente foi quando eu estive no Rio com a minha irmã, fiquei em tal hotel e realmente eu entrei inúmeras vezes na hidromassagem. Então a única chance de eu estar grávida é porque eles não limparam, não esterilizaram a banheira de hidromassagem’”, detalhou Lu.

Com a ação, o marido quer receber uma indenização do hotel para reparação dos danos psicológicos da esposa e que o estabelecimento arque com todos os custos da criança porque “foi irresponsabilidade do hotel não esterilizar a banheira de hidromassagem”.

Outra versão

Em um outro vídeo, depois do segundo encontro com o casal, a advogada contou que conversou separadamente com a esposa e ela apresentou outra versão. De acordo com a mulher, a gravidez seria, na verdade, consequência de um estupro. “Eu conversei com ela separadamente, com ele, e depois com os dois. Eu disse a ela que seria uma ação sem nexo algum, como que eu iria processar um homem falando de uma gravidez. Isso seria impossível”, disse Lu Lage, foi aí que a mulher contou outra história.

“Ela disse que foi o meio que ela achou mais tranquilo para que seu marido não ficasse tão devastado, porque na realidade ela estava saindo de um lugar, estava na rua, quando ela foi pegar o carro dela, ela foi arrastada e estuprada. A banheira seria menos doloroso para o marido do que um estupro, pois ele é muito nervoso, se alguém mexesse com ela”, retratou a advogada.

Quando questionada se registrou um boletim de ocorrência, a mulher disse que não procurou a polícia pois estava com vergonha. “Mas ela disse que quer tirar o filho, porque o rapaz é negro, ela é loira e o marido é branco também”, disse a advogada sobre as justificativas da cliente.

Logo após a conversa entre a mulher e a advogada, elas foram conversar com o marido. Nesse momento, a esposa decidiu contar que tinha sido estuprada. “Ele chorou muito, falou que imagina o quanto ela está sofrendo por ter escondido uma coisa tão séria, por isso ela estava arrasada psicologicamente, e escondeu para poupá-lo”, contou Lu Lage.

A advogada explicou para o casal tudo que envolveria uma ação como essa para obter autorização para um aborto. “Eu disse o quão complicado seria essa ação, pois teria que provar. Ele disse que iria conversar com ela, mas que, por ele, ficaria com o filho. Ela quem não está querendo de jeito nenhum”, afirmou Lu.

(Por: Aline Brito / Fonte: www.correiobraziliense.com.br)


🔥SIGA NOSSO FACEBOOK DE NOTÍCIAS E HUMOR JURÍDICO

Veja também:

👍 Super Combo de Petições 2021 - Mais de 30.000 modelos de Petições Profissionais prontas e editáveis para acelerar sua produtividade!

📰 Curso Completo de Processo Civil 2021 - O melhor do Mercado!

📈 Petições Imobiliárias - Acervo Completo de Petições especificas para o Direito Imobiliário!

Informações relacionadas

Hiromoto Advocacia, Advogado
Notíciashá 6 meses

Quem sofre de depressão tem direito ao auxílio doença e aposentadoria por invalidez?

Enviar Soluções, Advogado
Notíciashá 6 meses

15 Livros indicados e recomendados para bacharéis e advogados

Mateus Souza Cruz, Advogado
Notíciashá 6 meses

Quem é o criminoso que esquartejou mulher dentro de apartamento em Canoas

Blog do Jusbrasil
Artigoshá 7 meses

8 assuntos importantes que vão ser discutidos no meio jurídico em 2022

AUDIÊNCIA BRASIL, Administrador
Notíciashá 6 meses

Lei que proíbe extermínio de cães e gatos saudáveis por órgãos públicos está em vigor

10 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

kkk continuar lendo

Temos que ter paciência com isso e entender o lado do homem (marido). O cara demorou 6 meses para voltar pra casa. Estamos numa porcaria de pandemia onde fecharam os comércios e fizeram o povo ficar nas casas. A mulher angustiada com a pandemia, deve ter encontrado o Ricardão e brincaram na pandemia. Sinto muito meu amigo, só existe uma coisa para isso o qual você e a boiada do estado do Goiás todo carregam na cabeça. Bora viver a vida lá fora porque a aqui no BraZil você virou gado. continuar lendo

Deveria abortar o cérebro dessa mulher e fazer um transplante de orelhas de bardoto pro maridão. continuar lendo

No mínimo estranho esse caso, visto que o sêmen perde a possibilidade de fecundar o óvulo após alguns segundos em contato com o ambiente. continuar lendo