jusbrasil.com.br
31 de Março de 2020

Centro Dom Bosco processa Netflix e Porta dos Fundos por ‘Especial de Natal’

DR. ADEvogado, Administrador
Publicado por DR. ADEvogado
há 3 meses


O Centro Dom Bosco comunicou em suas redes sociais que processou a Netflix e o Porta dos Fundos pelo “Especial de Natal – A Primeira Tentação de Cristo”.

De acordo com a instituição, o “Porta dos Fundos não mediu esforços em sua criatividade maligna para insultar a Deus, a Santíssima Virgem e os apóstolos”.

O comunicado continua, acrescentando que “por ser difusora e protetora desse tipo de crime, a Netflix também foi arrolada no processo como cúmplice do material veiculado”.

A Ação Civil Pública pede uma indenização de R$ 2 milhões, valor que será repassado para um fundo do Ministério da Justiça e da Segurança Pública comandado por Sergio Moro.

“Assim como ator Fábio Porchat disse não citar Alá e a seita islâmica por medo de morrer, desejamos que tenha similar receio de insultar a Deus e a fé católica, única e verdadeira, por medo de processos judiciais. Infelizmente o ator não tem medo hoje do juízo que virá no instante seguinte a sua morte. Neste tempo estarão diante dele os mesmos de que hoje faz piada e a quem insulta. As penas poderão ser infinitamente piores que perder toda fortuna acumulada nesta vida”, diz a nota.

(Fonte: www.tercalivre.com.br)


Conheça também o nosso INSTAGRAM e tenha acesso ao nosso conteúdo de Humor Jurídico!

Guia Carro Livre de Imposto - Aprenda na Prática como comprar Carro Zero KM com até 30% de Desconto

Petições de Trânsito 2019 - O melhor custo benefício em Petições de Trânsito do Mercado + 4 Bônus Exclusivos

Mega Combo de Petições - 14 x 1 - Exclusão do ICMS, Revisão da Vida Toda, Previdenciário, Bancário, Penal, Cível, Tributário e muito mais...

64 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Processar os entes federativos por falta de saúde, educação, corrupção ninguém quer.
Como diria Saramago: “Não é a pornografia que é obscena, obscena é a fome. continuar lendo

não se ignora um mal apenas por existir outro... continuar lendo

Prioridades. Tem até juiz federal dando uma de louco por conta desse especial. Eu assisti, achei de humor médio, o Porta tem coisa mais engraçada, com certeza. Mas me diverti. Ver o Gregório fazendo um Jesus gay numa família um tanto quanto fora dos padrões (afinal o cara tem dois pais e uma mãe virgem, total diversidade aí) foi reconfortante. Existe muita gente que encara essa comédia numa boa, consegue rir e respeitar a religião alheia, por incrível que pareça.

Não é como se eles estivessem fazendo apologia à violência, à queima de igrejas, à morte.

Quem tem se exaltado mais é o cristão cheio de amor no coração, tanto amor genuíno que se acha no direito de controlar quem pode ou não usar figuras históricas como referência para comédia. Por favor. O melhor é parar de dar ibope a isso. continuar lendo

@Ricardo Berbetz a questão é exatamente essa. No outro especial (2018) Jesus era mal, nesse, Deus é completamente pernóstico,mas ninguém fala disso. Ano passado não teve esse alarde,aliás o portas ganhou o emmy, fazendo “Jesus mal”, ou seja, ser do mal está valendo o que não pode ser é gay. continuar lendo

Não pode-se falar de nada hoje em dia que se trata de intolerância, exceto quando é para debochar e escarnecer o cristianismo.
Pode-se levantar bandeira para defender qualquer causa, mas se você defende a Cristo você está sendo intolerante e desnecessário.
Não pode-se abrir a boca para falar nada de qualquer minoria que seja, mas pode-se fazer uma série de "especiais de fim de ano" que ofendam Cristãos, e quem se atreve a discordar, advinha? é intolerante e não está espalhando o amor.
Meus caros, espalhar o amor não significa compadecer com tudo, temos nossos valores e devemos defendê-los.
Cara senhorita Marchiote, acredito que você deva aceitar e rir das piadas e insinuações de cunho racista então. Ou vai me dizer que ai não pode?
Vivi pra ver o dia em que ser cristão é motivo de deboche... voltamos ao ano 33

@edit : e para quem diz que só se processa porque estão falando de gays, pare de falar besteiras, o porta já foi processado outras vezes :
https://www.gospelprime.com.br/porta-dos-fundos-processado-ceu-catolico/ continuar lendo

@theussouza tudo bem? Espero que sim. Bom, acredito que o mundo é um espelho e o que vemos é o nosso reflexo.
Para mim não faz muito sentido indignar com uma obra fictícia, enquanto sucumbimos as mazelas reais. Mas, em nenhum momento eu quis ofender, apenas achei meio “seletivo” a indignação. Boas festas!!!!! continuar lendo

"Processar os entes federativos por falta de saúde, educação, corrupção ninguém quer." Não sei q mundo vc vive mais eu canso de ver processo eu mesmo já processei estado por não ter atendimento pra minha mãe. continuar lendo

entenda q os q se sentem ofendido veem em Cristo um amor, compaixão, senso de justiça q não se encontra na nossa sociedade, ofender eles é como ofender um ente querido (ateu ou quem não conheceu esse amor desconhece). Ignorar e dizer q foi "comédia", ao ver o vídeo fica claro q o Porta tenta ofender ou lacrar, tb dizer q irrelevante tratar o assunto e ignorar +86% de pessoas q professam a fé cristã no Brasil só mostra q ser progressista é ofender a maioria. continuar lendo

Interessante que há tempos religiões afro-brasileiras são satirizadas, ridicularizadas e ninguém faz nada. Seus adeptos tem que conviver com jargões do tipo "chuta que é macumba" entre outros, muitas vezes proferidos por católicos e evangélicos. Estes inclusive, em suas concessões públicas de TV não medem esforços para atacar a fé alheia. Ninguém os processa. Agora, quando um quadro humorístico faz uma sátira cristã, causa todo esse alvoroço. Sinceramente, essa ação não dará em nada! Isso porque ainda estamos vivendo em um Estado Democrático em que a liberdade de expressão é assegurada. Ainda vivemos, pois o atual governo não mede esforços para transformar o Brasil em uma República Teocrática Evangélica, nos mesmos moldes dos países dominados pelo Islã! continuar lendo

Infelizmente vivemos num suposto "estado de direito" que permite que em nome de uma suposta "liberdade de expressão" sejam conspurcados credos e opiniões alheios, sejam eles patrimônio de quem forem, sinal de um forte indício de que vivemos num mundo doente, habitado por pessoas doentes e que não nutrem um mínimo de respeito pela dignidade dos seres humanos pelos quais dizem defender tais inócuas e supostas liberdades. continuar lendo

Com todo respeito Dr. discordo do seu posicionamento. Acredito que deveríamos criar medidas a fim de conscientizar aqueles que ofendem qualquer religião ou pessoa sobre sua conduta errada, e não utilizarmos tal argumento como álibi para continuarmos ofendendo de forma deliberada outras religiões, crenças ou pessoas. continuar lendo

Não vejo a Bosta dos Fundos fazendo piada com Ubandista e nem Mulçumano, só com os frouxos dos cristãos. continuar lendo

sua argumenta vc mesmo responde quando diz jargões. Não a intenção de ofender.. jargões? Sabe oq é isso? Ou vai dizer q a coisa tá preta é pra ofender o negro? E se sentem ofendidos vão lá e processem o direito está na lei. "liberdade de expressão é assegurada" quando não há ofensa, os comentários de alguns do jusbrasil me fazem sentir se certa forma aliviado em só procurar um advogado quando realmente a lei obriga, fora isso entro sozinho na justiça... Deveriam defender os 86% dos BRs q professam fé ou +2 milhões de assinaturas, mais não.... continuar lendo

Besteirol.
Liberdade de crença - Cada um acredita no que bem entender.

Fanáticos é que não fazem nada de bom para a humanidade. Em momento e questão alguma. continuar lendo

Fanatismo? Não.. São apenas pessoas q amam a Cristo defendendo quem eles tratam como amor, pra alguns só um personagem histórico, para outros um amor incondicional do filho de Deus q veio a terra mostrar justiça, sensação de está defendendo um pai a qual vc ama..simples assim. continuar lendo

Veja André...
Tudo questão do "em que vc acredita" .
Eu por exempo, discordo em tudo com vc.
Não uso uma figura divina para justificar nada. continuar lendo

Veja José.... Apesar de ser ateia, por todas referencias históricas, acredito que Cristo existiu, apesar de não acreditar que ele que seja "filho de Deus", era apenas um homem bom. E por isso, respeito os cristãos.
Bosta dos Fundos é grupo esgoto, formado por algumas das pessoas mais escrotas da atualidade na mídia, e os fãs ateus todynhos ficam defendendo como se fossem o supra-sumo da comédia, quando são na verdade um grupo de escrotos da esquerda regressista. Eles são apenas uns babacas covardes, que só zoam com cristãos porque são moles. continuar lendo

É tão simples...
Não gosta?
Não assista.
Eu não assisto e para mim não existe. Dessa forma faço a minha vontade enquanto respeito a vontade alheia. continuar lendo

Ridicularizar a religião de mais de 86% da população brasileira é normal? continuar lendo