jusbrasil.com.br
31 de Outubro de 2020

Ministra do TCU é constrangida em sessão virtual: "não pediu vista, porra"

DR. ADEvogado, Administrador
Publicado por DR. ADEvogado
há 3 meses


Ministra Ana Arraes, do TCU, foi constrangida ao vivo em sessão virtual, quando se confundiu sobre um voto. Ela conduzia sessão da 2ª câmara do Tribunal e entendeu que o sub-procurador-Geral Lucas Furtado tinha pedido vista, quando, na verdade, ele teria concordado com o voto do relator.

A situação parece ter irritado o chefe de gabinete do membro do MP junto ao órgão, que disparou: “Não, ele não pediu vista, porra!”. E emendou: "Mulher louca. Rapaz do céu. A ministra Ana Arraes vai ser o caos na presidência do TCU!". Arraes deverá ser a próxima a presidir o órgão.

Espantados com a grosseria, os ministros submeteram o caso à apuração da Corregedoria do Tribunal – comandada por ninguém menos do que a própria ministra.

(Fonte: Migalhas)


📰 Veja também:

Mega Combo de Petições 2020 mais de 4.000 modelos de ALTO VALOR testadas e aprovadas, e o melhor: verdadeiramente atualizadas!

Cronograma OAB 90 dias - O melhor custo benefício em Planejamento de Estudo para o Exame da Ordem.

Petições Imobiliárias 2020 - Baixe Gratuitamente 01 Modelo de Petição!!

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

essa coisa de vídeo conferencia esta mexendo com a cabeça das pessoas ou expondo o que de fato elas são. continuar lendo

Que absurdo, "tempos difíceis" como diria o Min. Marcos Aurélio... Se nuns cargos de altíssimo nível dos Tribunais Superiores de Brasília as coisas estão assim, o que não estará acontecendo nos escondidos recôndidos das apertadas (e super-lotadas) salinhas das prefeituras dos rincões?? continuar lendo